“Requiem a Bernardo Santareno” de António Matias

Local: Sé Catedral de Santarém 
Data: 11 de dezembro de 2020 (6ª feira) 
Horário: 21h00
Duração: 50 minutos 

Entrada gratuita mediante RESERVA PRÉVIA e a apresentação do Bilhete/Passe a ser levantado na sede do CCS a partir do dia 30 de Novembro até às 20h00 do dia 10 de Dezembro – horário de expediente 2.ª a 6.ª feira entre as 14h30 e as 20h00.
A lotação é limitada com lugares marcados havendo que cumprir as normas vigentes para a realização de espectáculos culturais e nesse sentido é obrigatório o preenchimento da Ficha exigida no momento do levantamento do Bilhete/Passe.
RESERVAS: 243 321 150 e circuloscalabitano@gmail.com

O Coro do Círculo Cultural Scalabitano, o Choral Phydellius e uma orquestra composta por 14 músicos apresentam a estreia do “REQUIEM A BERNARDO SANTARENO”.
Escrita por António Matias, esta é uma obra com oito andamentos (“Requiem Aeternam”, “Kyrie”, “Benedictus”, “Pie Jesu”, “Ave Maria”, “Sanctus”, “Encontro” e “In Paradisum”), para Coro Misto, Orquestra de Cordas, Piano e Percussão, e apresenta um forte caráter elegíaco marcado pela fervorosa sonoridade das cordas, num ambiente intensamente dramático.
A música centra-se na criação literária de Bernardo Santareno, assim como na travessia existencial das suas próprias vivências. Junta revolta, ironia, ditadura, amor, drama, medo, doçura e nostalgia, numa atmosfera sonora de cor outonal, de luz serena e sombras subtilmente matizadas ou, em contraposição, ventos tempestuosos e culpados de um Inverno castigador.
A sua estreia, além de ser um marco importante na história do Coro do Círculo Cultural Scalabitano, sê-lo-á, seguramente, na história da cultura scalabitana. 

Este evento é uma co-produção entre o Círculo Cultural Scalabitano e o Santarém Cultura com o apoio específico da Câmara Municipal de Cultura, e apoio à divulgação do Grupo Coordenador do Centenário de Santareno.