“Nas Margens do Rio Tejo”

30 de Maio Cine Teatro de Almeirim

“Nas margens do Rio Tejo – à espera da maré-cheia, no mar do esquecimento”, tema do Sarau com o qual o Círculo Cultural Scalabitano comemorou o seu 54.º aniversário, espectáculo de reencontros com as suas raízes culturais, do CCS e com a região em que se insere, o Ribatejo, mas, igualmente, do Rio com a Campina; das gentes da Borda d`Água com os senhores da lezíria; do verde dos campos com o azul do Tejo… foi visto, com bastante agrado, por cerca mil espectadores que esgotaram as cinco sessões que tiveram lugar no Teatro Sá da Bandeira em Santarém.
O Coro, a Orquestra Típica Scalabitana, o Veto Teatro Oficina, a Dança e Esgrima Artística e Desportiva, secções e departamentos que se juntaram num invento que contou ainda com uma parceria artística diversa, como sejam ranchos folclóricos e uma banda de música, tendo estado em palco mais de cento e setenta pessoas, conseguindo, numa encenação de grande rigor e equilíbrio, levar o público numa viagem ao encontro de vidas do Ribatejo, desde a vertigem do fandango, ao resfolegar do toiro, ao canto Avieiro enfim, um espectáculo que encantou e agradou esteve de regresso ao Teatro Sá da Bandeira para uma matiné no passado dia 10 de Maio, seguindo-se agora um espectáculo no próximo dia 30 de Maio à noite no recuperado Cine Teatro de Almeirim.