A Consagração e a aprovação dos Estatutos

A Situação e a Oposição no Círculo Cultural Scalabitano

Texto disponível a comentários no BLOG do C.C.S.

Entre 1955 e 1959, viveram-se no Círculo Cultural Scalabitano momentos de entusiasmo e grande afirmação cultural. Ora, a primeira direcção eleita a 29 de Dezembro, tomou posse no dia 3 de Janeiro de 1955 , data da sua primeira reunião.
A Consagração
A consagração do Círculo Cultural iniciou-se com o anterior prestígio alcançado pelo Grémio Literário Guilherme de Azevedo, bem como pelo reconhecimento nacional do Orfeão Scalabitano, do qual herdou o grau de comendador da Ordem de Benemerência, atribuída em 1932.
No entanto, ganhou de imediato merecimento próprio quando, a enorme actividade organizada pelas diferentes secções, encontrou junto dos escalabitanos, das instituições oficiais e privadas e da administração local e central, o apoio e o patrocínio que lhes permitiu expandir o seu nome por todo o país, sendo as suas secções bastante vezes requisitadas para aureolar diversas festividades e comemorações.

E, apesar das entidades nacionais não terem tornado fácil a vida das associações por estas representarem uma herança democrática do liberalismo e do republicanismo português, o Círculo Cultural Scalabitano conseguiu convencer a administração local de que era um representante resplandecente e digno de uma cidade que se queria afirmar nacionalmente pujante e rica, tal como augurava o crescimento económico do ano de 1954. Assim, mereceu a primeira Medalha de Ouro atribuída na história do Município de Santarém, em sessão camarária de 3 de Outubro de 1956, sob proposta do vereador Caetano Marques dos Santos e, logo em Julho de 1957, conquista o diploma do grau Oficial da Ordem da Instrução Pública, após uma oportuna visita do Ministro da Educação, no dia 15 de Março, ocasião em que fora inaugurada a Escola Comercial e Industrial de Santarém [dia de aniversário da “Reconquista de Santarém aos Mouros”].
Artigo completo.
[Luísa Barbosa]
Publicado no Correio do Ribatejo Site Externo. em 30 de Dezembro de 2011