Caminhada de Montargil

“À procura da Quercus ilex ssp”

Crónica – 6 de Junho

Realizou-se no dia 6 de Junho, a caminhada de Montargil, uma organização que esteve a cargo do CLAC, Entroncamento.
Percurso lindíssimo como pano de fundo a Barragem de Montargil. Quercus ilex ssp. Rotundifolia, nome Vulgar: azinheira. Interesse histórico ou paisagístico Azinheira plurissecular, com fuste baixo e grosso, de onde partem longas pernadas que formam uma copa muito ampla, equilibrada, frondosa e perfeitamente circular. Árvore que, sem ser das mais monumentais, impressiona sobretudo pela dimensão da copa. Situa-se num cabeço sobranceiro à albufeira da barragem de Montargil, no meio de um montado de sobro, constituindo a silhueta da azinheira com a albufeira toda rodeada de montado, um dos mais belos cenários desta herdade, Montalvo. O solo é franco de xisto pouco declivoso, sem sinais de erosão, não compactado, com pouca matéria orgânica e uma delgada manta morta de folhas e raminhos de sobreiro e azinheira, com revestimento herbáceo de pastagem de sequeiro.
Esta caminhada teve a participação de meia centena de caminheiros, vindos de Leiria, Santarém, Entroncamento, Ponte de Sôr e Montargil. Foi uma óptima jornada de pedestrianismo que deixou a todos o desejo de um dia mais tarde tornar a voltar.
No final os caminheiros do CCS fizeram um piquenique no açude das Gameiras onde não faltou as febras e o bacalhau grelhados, acompanhado de uma boa salada de tomate e o bom vinho da nossa região.
[António Jeremias]