ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA

CONVOCATÓRIA – 18/12/2019


Temporada de Outono

O Círculo Cultural Scalabitano promove a sua habitual Temporada de Outono que decorrerá de 27 de Outubro a 10 de Dezembro.
fazendo parte desta programação a comemoração do seu 65.º aniversári,o momento de confraternização dos seu sócios com entrega de das disntinções de “Ilustre Amigo do CCS”, medalhas de honra e mérito bem como de Sócio Honorário a terem lugar no dia 23 de Novembro, dia em que se realizará o habitual jantar.


Constarão na sua programação várias iniciativas de teatro, dança e música mas também exposições de pintura no foyer do CCS com curadoria de Fernanda Narciso. Ainda conferências, realçando nestas a respeitante à celebração dos 50 anos do Veto Teatro Oficina que, longo deste meio século, o grupo teve oportunidade de apresentar muitos autores portugueses e não portugueses, sempre pautado pela sua missão de contribuir para o desenvolvimento pessoal dos seus membros e do seu público, procurando estabelecer pontes entre uma arte teatral mais clássica e a contemporaneidade. Esta conferência sobre teatro a levar a cabo no salão nobre do edifício dos Paços do concelho de Santarém, em parceria com o Centro de Investigação Joaquim Veríssimo Serrão, conferência a será proferida pelo Professor Doutor Luís Varela.


TEMPORADA DE OUTONO DO CÍRCULO CULTURAL SCALABITANO
TEATRO É PRATO FORTE DO PRÓXIMO FIM DE SEMANA

O teatro é a arte em evidência no próximo fim de semana, na Temporada de outono, organizada pelo Círculo Cultural Scalabitano.
No sábado, dia 16 de novembro, às 21H30, o Teatro Taborda recebe o espetáculo convidado “Menage Vais dizer que não gostas”, uma produção de Bloom Play.
Da mesma produção de “AIII CIGANO!” Espetáculo que atingiu a meta dos 35 000 espetadores e 33 Teatros em Portugal, altamente aclamado e referenciado apresenta o regresso do vencedor em 2014 na categoria de Novos Valores do Teatro e no presente ano Menção Honrosa no Festival de Teatro comédia de Cascais que abriu o certame em 2019 a comédia “MÉNAGE”!
Peça de Teatro muito elogiada e em Tour por Portugal por várias localidades portuguesas. É uma peça divertida que satiriza o dia-a-dia dos “comuns mortais”, assente no humor negro, inconveniente e descentralizado. É um espetáculo frenético, onde os atores vestem várias personagens que todos conhecem e onde sexo não é tabu! Sair da zona de conforto e rir destas personagens é garantido! São 35 personagens, 45 figurinos e um núcleo de atores que trocam de personagem num abrir e fechar de olhos e o público assiste a toda a transformação frenética!  Aqui acontece TEATRO e o espectador é convidado a fazer parte desta grande celebração! Todos os espetáculos são diferentes e enérgicos, o público leva consigo todas estas personagens que fazem parte da sua Vida! 
Na ficha artística ponderam os seguintes atores Filipe Salgueiro, Maria Giestas, Beto Fonseca, Andreia Timóteo, Gabriel Silva, Teresa Matos

No dia seguinte, domingo 17 de novembro, às 15H00, também no Teatro Taborda, o Veto Teatro Oficina apresenta “O Sonho do Palhaço Soneca”, um espetáculo especialmente dedicado aos mais novos, com direção artística de Angelina Madeira e Eliseu Raimundo
Este espetáculo visa estimular a mudança de práticas de atitudes e a formação de novos hábitos em relação à utilização dos recursos naturais, favorecendo a reflexão sobre os cuidados a ter com o nosso planeta.
Através de uma viagem imaginária e numa interação constante com o público, a personagem Palhaço Soneca, percorre os caminhos da poluição e da destruição da floresta, refletindo em conjunto com a assistência sobre como recuperar e preservar o planeta.
O texto é de Eliseu Raimundo, a cenografia de Angelina Madeira e Francisco Cercas, a iluminação de cena e a sonorização, estarão a cargo de José Carlos Jordão e Francisco Cercas. O elenco conta com: António Júlio Santos, Eliseu Raimundo, Filomena Caetano, Francisco Selqueira, Mário Marcos, Rafael Raimundo.
O espetáculo é recomendado para maiores de 6 anos e as marcações e reservas podem ser feitas para o telefone do Círculo (243 321 150), todos os dias úteis, das 14H00 às 19H00

ORQUESTRA TÍPICA SCALABITANA
APRESENTA-SE NO TEATRO TABORDA

A Orquestra Típica Scalabitana, volta a apresentar-se no seu espaço, o renovado Teatro Taborda, Círculo Cultural Scalabitano, num concerto único, na próxima 6.ª feira, dia 7 de novembro, às 22H00, retomando assim um habito antigo, interrompido nos últimos anos.
O concerto integra-se na Temporada de Outono que o Círculo vem organizando há já alguns anos e que este ano se pr5olonga pelos meses de outubro, novembro e dezembro e, será uma viagem intimista, pelas paisagens sonoras da música portuguesa, com destaque para o património musical do Ribatejo.
A Orquestra que tem direção artística do Maestro Abílio Figueiredo, apresentará um conjunto de temas já conhecidos do reportório do grupo, bem como novas melodias, algumas delas com arranjos harmónicos do atual Maestro, interpretadas quer apenas orquestralmente quer com solistas individuais ou em duetos.
O concerto oferecerá um alinhamento que se pretende equilibrado quer nos poemas quer nas melodias, por forma a constituir um bloco musical agradável, diversificado e sobretudo intimista. Oportunidade para na proximidade dos músicos e dos cantores, sentir o respirar da orquestra, experienciar a proximidade da criação musical, sentir como o coletivo se pode harmonizar tão bem em prol de um produto artístico final, tão atraente como surpreendente.
E é aqui que o trabalho da orquestra se distingue, conseguindo ao longo doas largas décadas de trabalho e de vida que já leva, dirigida por um conjunto também diversificado de maestros, manter uma inquestionável qualidade de trabalho e essa capacidade de simultaneamente representar tão bem o ribatejo enquanto nos oferece percursos pela música portuguesa.
Será assim, mais uma vez, na próxima 6.ª feira, no ambiente intimista do Taborda, o teatro de bolso do Círculo Cultural Scalabitano, onde os cem lugares da plateia, serão certamente poucos para acolher este espetáculo que vivamente recomendamos.

“BRANQUINHO, PANTUFA E CABEÇA DE NABO”
Abrem Temporada de Outono do Círculo Cultural Scalabitano

O trio de palhaços do Veto Teatro Oficina, “Branquinho, Pantufa e Cabeça de Nabo”, abre no próximo domingo, dia 27 de outubro, às 16H00, a Temporada de Outono, uma iniciativa do Círculo Cultural Scalabitano.
Será um espetáculo muito especial, pois contará com entrada livre e decorrerá no W Shopping que também assim celebra o seu aniversário.
Este é um espetáculo que atravessa gerações, deslumbrando todos os e as que a ele têm a sorte de alguma vez assistir.
As histórias são simples, a graça delicada, o riso contagiante. A alegria sempre presente acaricia rostos e deixa no ar uma sensação boa, de prazer, de satisfação, de envolvimento. Vale bem a pena, sair de casa e ir ao teatro, conviver com estes palhaços trapalhões, as suas partidas brincalhonas e o seu prazer de viver.
Como sempre, os três amigos marcaram encontro para mais uma tarde de grandes aventuras. O Branquinho, como sempre todo mandão vai tentar pôr tudo nos eixos, mas ninguém acredita que os dois amigos se deixem comandar.
O Pantufa todo irreverente e trapalhão. O Cabeça de Nabo a fazer hum! Hum!… De caminho o Branquinho ainda promete uma camisa nova ao Pantufa, mas quando já vai em seis, temos o caldo entornado e, como sempre, vai terminar tudo numa grande confusão e quem sofre é o Cabeça de Nabo.
Mas se querem saber o que vai acontecer, o melhor é ir ver esta proposta do Veto. Um espetáculo claramente dirigido às crianças e à sua linguagem tão especial.
A direção artística é de António Júlio Santos que também representa (Pantufa), acompanhado por Francisco Selqueira (Cabeça de Nabo), Mário Marcos (Branquinho). A Luminotecnia e a sonoplastia são de José Carlos Jordão e Francisco Cercas.
O espetáculo terá uma duração aproximada de uma hora. [ND]]



PROTOCOLOS EXCLUSIVOS DOS SÓCIOS DO CCS


O Círculo Cultural Scalabitano tem protocolos assinados com diversas entidades. Protocolos esses que permitem aos sócios do CCS usufruir de descontos na aquisição de produtos e/ou serviços.


O CCS tem protocolos com as seguintes entidades:
Clínica Dom Manuel I – Medicina Física e Reabilitação
Farmácia Batista
Pharma Scalabis
Celeiro da Cidade II
Casa dos Óculos – desde 1955
Instituto Óptico
NOTA: Clique nos links para ter acesso à informação das regalias propostas.