18.janeiro | 6.ª feira |20H00

Ana Paula Amendoeira

A Diretora Regional de Cultura do Alentejo, Ana Paula Amendoeira, vem a Santarém conversar sobre o trabalho desenvolvido pelas direções regionais e particularmente sobre o caso da Direção Regional do Alentejo.

De caminho, oportunidade para aprofundar o conhecimento sobre uma realidade de que o distrito de Santarém está excluído, bem como para conhecer melhor os modelos e sistemas de funcionamento destes órgãos descentralizados do Ministério da Cultura.

 O Jantar – Tertúlia terá lugar no Restaurante Adiafa, 18 de Janeiro, pelas 20h00

Nota Biográfica:

Ana Paula Amendoeira é licenciada em História pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, Mestre em Recuperação do Património Arquitectónico e Paisagístico, pela Universidade de Évora e doutoranda na Universidade de Paris 4 Sorbonne no Instituto de Geografia, na área de investigação sobre património mundial. Diplomada em Administração de Projectos Culturais pela Fundação Marcel Hicter, Conselho da Europa, em 2001. Foi Chefe da Divisão de Acção Cultural, Educação e Acção Social do Município de Reguengos de Monsaraz entre 1998 e 2008. Foi bolseira de Investigação da Fundação para a Ciência e Tecnologia do Ministério da Ciência e ensino Superior entre 2008 e 2012, é Investigadora Integrada do Centro de Estudos Arqueológicos das Universidades de Coimbra e Porto, CEAACP. Desde 2012 é assistente convidada da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra nos departamentos de Arqueologia e História da Arte.

Tem desenvolvido a sua investigação na área do património cultural com especialização em Património Mundial. Foi membro do Grupo de Trabalho para a elaboração da Lista Indicativa do Património Mundial Português a convite da Comissão Nacional da UNESCO em 2003 e 2004 e em 2015 e 2016. Membro eleito do Comité Executivo Internacional do ICOMOS, Conselho Internacional dos Monumentos e Sítios, e do Comité do

ICOMOS Internacional para avaliação das candidaturas a património mundial no mandato de 2003-2005. Desde 2000 é membro efectivo do Comité Científico Internacional do ICOMOS dos Itinerários Culturais. Participou no Inventário do Património Arquitectónico do Distrito de Évora promovido pela Direcção Geral dos Edifícios e Monumentos Nacionais, nas campanhas de 1998, 1999 e 2000.