“Conversas Monumentais”

com o Veto Teatro Oficina e o Coro do Círculo Cultural

5ª feira 29 de Março 2007


O Veto Teatro Oficina, com a colaboração do Coro do Círculo Cultural Scalabitano, preparou um espectáculo, a propósito do Sermão de Exéquias do Conde de Unhão, da autoria do Padre António Vieira, integrado no projecto Olhar a História, da responsabilidade da Câmara Municipal de Santarém, que decorrerá na Igreja do Seminário, em Santarém, no próximo dia 29 de Março, pelas 21h 30m e, ainda, na Igreja de Santa Maria de Almoster no dia 31 de Março, pelas 15 horas.
Reza a história que, em 1651, o Padre António Vieira esteve presente na Igreja de Nossa Senhora da Conceição do Colégio dos Jesuítas, vulgo Igreja do Seminário, em Santarém, onde pregou o Sermão de Exéquias por ocasião das homenagens fúnebres de D. Fernão Teles de Menezes, Conde de Unhão, pessoa que prezava muito por ser grande amigo dos Jesuítas e símbolo da independência de Portugal em relação ao domínio filipino.
A concepção do evento esteve a cargo de José Ramos, do Veto Teatro Oficina e conta com a importante colaboração do Coro do Círculo Cultural Scalabitano e com a interpretação de Eliseu Raimundo, no papel principal, António Júlio, Francisco Cercas, Francisco Selqueira, Hélder Santos, José Jordão, Luís Coelho, Mário Marcos, Miguel Vilhena, Pedro Marcos e Nuno Salvador.

Pode encontrar mais informação sobre este evento aqui.