50 Anos COLÓQUIO

“Cidadania e Cultura – 50 anos de Intervenção Cultural”

Objectivos:

  • Reflectir sobre a importância da participação do cidadão no desenvolvimento cultural de um país;
  • Debater o papel das associações culturais na sociedade portuguesa nos últimos cinquenta anos;
  • Aprofundar as vivências de homens e mulheres que se dedicaram à defesa, divulgação e promoção da arte e da cultura da região e do país;
  • Debater os problemas que envolvem a cidadania e os novos desafios que se deparam à organização dos cidadãos.

Programa

¬ Manhã

  • 9.30h – Abertura do Secretariado
  • 10.00h – Sessão solene de Abertura
  • Conferência inaugural proferida pelo Prof. Doutor António Reis
    O associativismo cultural antes e depois do 25 de Abril.

 

11.00h – Intervalo para café

Painel: A intervenção cultural no período do Estado Novo

Moderador: Vicente Batalha

  • 11.15h – Prof. Doutor Fernando Rosas
    Cidadania e intervenção cultural no Estado Novo
  • 11.45h – Mestre Teresa do Rosário Lopes
    Todos têm direito à cultura – O sonho e a obra de Manuel Ginestal Machado
  • 12.15h – Debate

 

12.45h – Intervalo para almoço

¬ Tarde

Painel: A intervenção cultural no período pós-25 de Abril

Moderador: Dr.ª Graça Morgadinho

  • 15.00h – Mestre José Carlos Valente
    …Da Revolução à Globalização
  • 15.30h – Mestre Eulália Teigas Marques
    O associativismo, um direito da mulher
  • 16.00h – Debate

 

11.00h – Intervalo para café

Painel: Cidadania e intervenção cultural – Novos Desafios

Moderador: Dr. Aurélio Lopes

  • 16.45h – Prof. Doutor António Firmino da Costa
    Desafios da globalização à intervenção cultural
  • 17.15h – Dr. Vasco Graça Moura
    Cidadania e Língua Portuguesa
  • 17.45h – Debate
  • 18.15h – Sessão de Encerramento
  • Reflexão crítica por Dr. Bruno Pereira Antunes
  • Palavras finais pelo presidente do Círculo Cultural Scalabitano, Dr. Joaquim Botas castanho.